Clonagem e Medicina

 

 

Ao logo dos anos, o homem em sua ânsia pelo poder, procura em seus recursos tecnológicos algo que possa suprir as carencias deixadas pelo progresso.

Através do progresso, ao longo de sua evolução, o homem se submeteu a diversos fatores de risco à vida, e agora busca em sua própria tecnologia suprir os estragos, me refiro aos alimentos com alto teor de agrotóxicos, que podem causar câncer; ao furo da camada de ozonio, causada pelo gás cfc, etc. e agora os cientistas apareceram com sua mais nova ousadia, a clonagem.

A princípio eles acreditam que ela servirá para salvar vidas, pâncreas que em uma pessoa com diabetes ja não tem o mesmo funcionamento, recuperar partes que um indivíduo perdeu com câncer, espinha dorsal em uma pessoa que sofreu um acidente e perdeu todos os seus movimentos funcionais, etc. Os cientistas se baseiam nisso, do seguinte modo: usando uma célula-tronco do indivíduo doente e o núcleo de uma célula cromossomática. Mas eles também sabem que esta técnica não está totalmente  dominada e que os cientistas provavelmente não usaram a clonagem como alguma coisa para o bem da humanidade, e sim para a sua própria notoriedade.

Agora vejamos um pouco do lado cruel que esta experiência pode causar: diversos embriões fecundados em seus respectivos óvulos serão sacrificados, pois o mesmo  homem que defende a clonagem como a salvação da humanidade, procura primeiro fazer uma clonagem de uma pessoa, de um ser, para depois ir ao “seu fundamento maior”, a salvação de vidas. Não há muito fundamento e esclarecimento no que os cientistas fazem, pois com o pensamento mesquinho e o poder de criação seduzindo seu ego, o homem bota tudo a perder. Porque o homem pensa primeiro nos seus beneficios próprios do que nos das outras pessoas.

Por mais que tentamos pensar que a clonagem seria boa para a humanidade, não faz sentido algum  sacrificar “pessoas”, ainda que em sua fase embrionária. essa é uma imitação berrante que o homem tenta fazer do Criador, a quem tudo criou com a maior perfeição. O homem  está se sentindo Deus com a possibilidade tão  grande de criação, mas não está e nunca vai agir como tal. pois o homem sempre vai correr atrás da busca desenfreante pelo poder, nunca está satisfeito e sempre busca mais.

 

Vamos ao lado Cientifico e Fictício da clonagem:

 

Os cientistas estudam há anos para que consigam ter o mérito de clonar um ser vivo, nesta busca, apenas alguns conseguiram ter alguma esperança, ou chegar perto e alguns bem recente conseguiram chegar mais perto ainda deste feito tão impressionante que é a clonagem.

O cientista Ian Wilmut, da Escócia, conseguiu recentemente a clonagem de uma ovelha, de nome Dolly, foi o primeiro animal a ser clonado com êxito. Dolly foi clonada a partir de uma célula mamária tirada de uma outra ovelha da mesma raça, com o núcleo da célula do embrião do macho, e eletricamente magnetizados para sua junção. Feito isso colocaram-na dentro de outra ovelha para que gestace o feto de ovelha. Após alguns meses de espera e ansiedade, principalmente por parte do cientista, na angústia da  espera, pois seria o primeiro a realizar e a patentear este feito tão histórico, nasceu a ovelha de codinome Dolly, em homenagem a Dolly Parker, cantora de música country de seios grandes. o feito não pode ser provado cientificamente, pois, a mãe, ou a ovelha encarregada de doar sua célula, já havia morrido, o que causou grande repercursão por partes dos cientistas, com relação à clonagem, se teria sido ou não verdade que somente uma célula embrionária e uma cromossomática pudessem dar origem a um clone. Mas a experiência, não foi tão simples assim como se pensam, claro, que foi bem mais simples do supunhâmos, mas com algumas dificuldades evidêntes; para se conseguir chegar à ovelha clonada, foi preciso fazer 277 tentativa, destas apenas 09 chegaram em sua fase embrionária, e destas 09 apenas 01 sobreviveu, dando origem a Dolly.

Se fossemos fazer esta experiência com seres humanos teríamos que esquecer destes números tão grandes e assustadores de embriões que seriam sacrificados em nome de tamanha façanha que poderia servir apenas para benefício de alguns, ou apenas de notoriedade para outros, estamos preparados para esta loucura de nome clonagem ?

nós respondo dizendo que não.Não que eu esteja sendo radical, mas enquanto as pessoas pensarem cada qual no seu próprio umbigo, a evolução da ciência não acontecerá. refiro-me ao recente caso do italiano Severino Antinori, que causou um imenso estardalhaço quando anunciou em 2001 que iria clonar um ser humano, e agora em 2002 ele deu prova de que é capaz, e já anunciou ter um clone humano em gestação, e que não está nem um pouco interessado em saber se o bebê nascerá saudável ou não. Para ele o que interessa é a fama e a glória de que ele será o primeiro cientista audacioso a entrar para a história, por ter tido a coragem de enfrentar o mundo e clonar um ser humano.             

 

Enquête sobre a clonagem:

 

Segundo Severino Antinori, não importa quantos embrões fecundados sejam usados, ou se as crianças geradas nasçam com má-formação, o que importa é o avanço na ciência, o salto que a ciência irá dar em relação à cura de inúmeras doenças. Você acredita que Antinori está certo em afirmar com tanta certeza que apesar das desvantagens a humanidade prosperará no final ? ao responder isso reflita um pouco sobre o que o homem falou quando chegou à lua – È um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade--.Diziam isso pois acreditavam que desta forma, a partir daquele momento, pudesse morar em outros planetas, viajar galáxias, etc. e quão grande foi sua decepção, que apesar de terem ido à lua inúmeras vezes mais, estamos em 2002 e o homem não conseguiu avanço algum mais, além, dos que jse haviam conseguido anteriormente, e muitas vidas se perderam em nome deste avanço tecnológico.

       Segundo FABIANA APARECIDA MARCHIORI, a ciência para chegar no  sucesso da experiência, vai ter que brincar com muitas vidas, em todos os sentidos, desde sua fase embrionária, antes da fecundação, até a hora em que ela crescer, pois ela terá problema com a sua identidade, sofrerá grandes problemas psicológicos.

        Segundo JOSÉ GERALDO FERREIRA, estamos passando pela época do tecnocentrismo, época essa totalmente contraria as anteriores que se baseavam primeiramente no teocentrismo, onde DEUS  era o centro de todo o universo época essa que durou por toda a primeira época da história até a idade média onde começou uma nova tendência acompanhada pela discórdia das atrocidades que a Igreja promovia surgiu o homocentrismo época essa que visava valorizar o homem, movimentos típicos dessa época foram o modernismo, o romantismo entre outros.

        O tecnocentrismo é essa época que estamos vivendo onde a tecnologia é o que mais importa sabemos todos da desvalorização da mão de obra vitimas da tecnologia, o ser humano perdeu o seu valor , DEUS perdeu o seu valor e seu lugar, até a família entidade tão sagrada em nossos dias também está com seus dias contados, isso não quer dizer é claro que nos depararemos futuramente com os horrores de ficção cientifica do tipo Admirável Mundo Novo ou A Fortaleza. Estamos passando por um período de transição, em que surge um novo conceito familiar em que novas leis terão que surgir para proteger clones que se tornarão tão naturais como é natural hoje inseminação artificial de embriões congelados e mães que escolhem como serão os pais de seus filhos sem mesmo os conhece-los. Isso não quer dizer que concorde com isso eu só narrei os fatos em uma sociedade que deturpa tantos valores a família é apenas mais uma para eles.     

        Segundo CLEIDE APARECIDA FERREIRA, os cientistas estão brincando de ser Deus, mas que essa brincadeira pode terminar muito mal, pois eles não sabem o tipo de criatura que podem criar, pode ser um ser sem alma, pois quem da a alma ao ser é Deus, será que um ser criado por um cientista terá alma ? Antes de ser feito o Bebê de proveta, houve uma grande polêmica, se o bebê ia nascer com algum problema, se ia ser possível realizar tamanha façanha na época, pois foi possível, mas, porém, muitos nasceram com problemas até que conseguiram chegar ao sucesso da experiência,mas será que com a clonagem vai ser a mesma coisa ?Os cientistas acreditam que sim, mas será mesmo ? E se nascer uma  aberraçao um ser sem alma sem espírito sem escrúpulos,pois ninguém sabe o que vai vir desse ser feito dessa forma, além disso, o clone vai ser um ser problemático pois não vai ter sua própria identidade pode ser que vire-se contra a humanidade por ter aceitado tal façanha ou que se vire contra o cientista.

            Segundo MARIA DAS GRAÇAS FERREIRA, ela acredita que como a ovelha nasceu com as células velhas, e  com pouco tempo de vida, com o humano não seria diferente, e teríamos problemas neste sentido.

          Segundo JOÂO HENRIQUE FERREIRA, ele acredita que assim como o avião que foi feito pensando no bem da humanidade, mas que agora virou mais um meio de destruição, assim se sucederá a clonagem, mais para malefício, do que para benefício.


Página criada por Janete do Carmo Ferreira dos Santos - Campinas - 31 de Março

O Aprende Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo das páginas criadas através do "Construtor de Páginas". Se você considerar algum conteúdo desta página ofensivo, por favor entre em contato com a equipe do Aprende Brasil, clicando aqui.